Serviços Globais de Projeto

×

Cookies

Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para obter uma melhor experiência de utilização. Conheça mais sobre a nossa Política de Privacidade.

Notícias

26 de junho de 2017

A Galbilec, Gestão e Coordenação de Projectos, Lda submeteu, em 2014, 6 candidaturas em regime de Overbooking, ao Programa Operacional Regional do Norte, ON2, que foram sendo aprovadas desde fevereiro de 2017, e condicionadas à existência de dotação financeira.
Todas as instituições contempladas se situam na região norte de Portugal e atuam na área da economia social e da cultura: A sub-região Cávado obteve um financiamento global de cerca de 200 mil euros; A sub-região do Ave foi contemplada com uma verba de cerca de 1 milhão e 700 mil euros; E a sub-região do Tâmega e Sousa terá disponível 2 milhões de euros.
O ON2 foi o instrumento financeiro de apoio ao desenvolvimento regional do Norte de Portugal, integrado no QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional 2007/2013), que terminou a sua execução com a abertura de um regime especial (overbooking) destinado a financiar obras públicas que, dentro deste ciclo de fundos estruturais da União Europeia, não tivessem sido apoiados, e que contribuam de forma relevante para a divulgação e projeção internacional desta região.
A Galbilec, Gestão e Coordenação de Projectos, Lda congratula-se com a captação destes fundos comunitários num valor global superior a 4 milhões de euros, só possível através da sua excelência, rigor, profissionalismo e seriedade aliados ao elevado know-how.


« OUTRAS NOTÍCIAS

Destaques

Galbilec responsável pelo serviço de Consultoria para Elaboração do Plano Estratégico para a Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Braga

Apostados em expandir a nossa atividade para novas áreas de negócio, complementares às já existentes, temos orgulho em anunciar que nos foi adjudicado pela Câmara Municipal de Braga.

LER MAIS

Prorrogação do prazo para apresentação de candidaturas ao apoio à eficiência energética em edifícios de serviços

O apoio, concedido no âmbito do PRR - Plano de Recuperação e Resiliência, é atribuído a fundo perdido, tem uma taxa de comparticipação máxima de 70% e incide sobre o total das despesas elegíveis da candidatura, com o limite máximo de 200 mil euros por beneficiário.

LER MAIS