Serviços Globais de Projeto

×

Cookies

Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para obter uma melhor experiência de utilização. Conheça mais sobre a nossa Política de Privacidade.

Notícias

11 de novembro de 2013

A 7 de novembro último, a Comissão de Desenvolvimento Regional do Parlamento Europeu (REGI) aprovou o pacote legislativo da Política de Coesão que estará em vigor no período 2014-2020.
Após ano e meio de negociações entre o Parlamento e o Conselho, foi fechado o acordo sobre os vários regulamentos da Política de Coesão (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, Fundo Social Europeu, Fundo de Coesão, Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural e o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e da Pesca) que estarão em vigor entre 2014-2020.
Segundo declarações de Danuta Hübner, presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional do Parlamento Europeu (REGI), que presidiu a todas as reuniões das negociações com o Conselho, desde 2012:
“Estes fundos possibilitam grandes investimentos num contexto de crise económica,”. Danuta Hübner acrescentou: “Depois de mais de um ano de negociações com o Conselho e a Comissão, fomos capazes de concordar numa reforma da Política Regional da UE, que privilegia o investimento em áreas-chave para o crescimento e o emprego, conforme inscrito na Estratégia Europa 2020, através de um conjunto de regras comuns para todos os fundos da UE, conduzindo assim a uma simplificação considerável”.
Após este importante acordo em sede da Comissão de Desenvolvimento Regional é ainda necessário fechar o acordo sobre as perspetivas financeiras 2014-2020 e submeter estes regulamentos à votação na sessão plenária do Parlamento Europeu, a ocorrer entre os dias 18 a 21 de novembro de 2013, caso se tenha alcançado até lá o referido acordo sobre as perspetivas financeiras.
Entretanto, os Estados-Membros, como é o caso de Portugal, preparam e negoceiam com a Comissão Europeia os Acordos de Parceria onde se definem os objetivos temáticos estratégicos de aplicação dos Fundos Comunitários para o próximo período de programação.


« OUTRAS NOTÍCIAS

Destaques

Galbilec responsável pelo serviço de Consultoria para Elaboração do Plano Estratégico para a Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Braga

Apostados em expandir a nossa atividade para novas áreas de negócio, complementares às já existentes, temos orgulho em anunciar que nos foi adjudicado pela Câmara Municipal de Braga.

LER MAIS

Prorrogação do prazo para apresentação de candidaturas ao apoio à eficiência energética em edifícios de serviços

O apoio, concedido no âmbito do PRR - Plano de Recuperação e Resiliência, é atribuído a fundo perdido, tem uma taxa de comparticipação máxima de 70% e incide sobre o total das despesas elegíveis da candidatura, com o limite máximo de 200 mil euros por beneficiário.

LER MAIS