Serviços Globais de Projeto

×

Cookies

Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para obter uma melhor experiência de utilização. Conheça mais sobre a nossa Política de Privacidade.

Notícias

27 de abril de 2015

Foi inaugurada na passada sexta-feira, dia 24 de abril, a Unidade de Cuidados Continuados Dr. Francisco Meireles da Santa Casa da Misericórdia de S. Miguel de Refojos de Cabeceiras de Basto.
A cerimónia contou com a presença do Ministro da Saúde, Paulo Macedo e do Presidente da Câmara, Francisco Alves, bem como a presença da Provedora da Misericórdia, Natália Correia e restantes membros da direção daquela instituição, o Presidente da Assembleia Municipal, os Vereadores, Presidentes de Junta e demais autarcas, bem como responsáveis de serviços do Estado, entre muitos outros convidados.
No início da cerimónia o Sr. Arcebispo Primaz de Braga procedeu à bênção das instalações e de seguida foi realizada uma visita à Unidade e a sessão solene de inauguração.
A construção da Unidade de Cuidados Continuados Dr. Francisco Meireles foi levada a efeito no antigo hospital de Cabeceiras de Basto, pertencente à Misericórdia, representando um investimento global de 2.800.000,00€, possui trinta e uma camas das quais vinte e duas protocoladas com o Ministério da Saúde e o Ministério da Segurança Social e criou vinte e quatro postos de trabalho.
A Galbilec – Gestão e Coordenação de Projectos, Lda., responsável pela Fiscalização e Gestão da Construção deste equipamento, também esteve presente e deseja as maiores felicidades a este projeto promissor.


« OUTRAS NOTÍCIAS

Destaques

Galbilec responsável pelo serviço de Consultoria para Elaboração do Plano Estratégico para a Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Braga

Apostados em expandir a nossa atividade para novas áreas de negócio, complementares às já existentes, temos orgulho em anunciar que nos foi adjudicado pela Câmara Municipal de Braga.

LER MAIS

Prorrogação do prazo para apresentação de candidaturas ao apoio à eficiência energética em edifícios de serviços

O apoio, concedido no âmbito do PRR - Plano de Recuperação e Resiliência, é atribuído a fundo perdido, tem uma taxa de comparticipação máxima de 70% e incide sobre o total das despesas elegíveis da candidatura, com o limite máximo de 200 mil euros por beneficiário.

LER MAIS