Serviços Globais de Projeto

×

Cookies

Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para obter uma melhor experiência de utilização. Conheça mais sobre a nossa Política de Privacidade.

Notícias

25 de novembro de 2013

Pedro Passos Coelho, Primeiro-Ministro de Portugal e o Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, estiveram esta segunda-feira, 25 de novembro, no concelho de Borba, na cerimónia inaugural do novo centro para deficientes da União das Misericórdias Portuguesas (UMP).
O Centro adotou o nome do benemérito Luís da Silva, que fez a doação da Herdade da Fuseira e do álamo, para que aí fosse instalado o equipamento social, foi abençoado pelo Arcebispo de Évora, D. José Alves.
O Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho, congratulou-se por esta obra e pela união de todos os intervenientes, frisando que “esta obra é notável e pioneira, que tem uma importância extraordinária porque não há muitas respostas à deficiência profunda em Portugal”, salienta ainda que “a União das Misericórdias vem responder a uma área que se encontra muito vulnerável, a mais desprotegida de todas”.
Manuel Lemos, presidente da União das Misericórdias, disse “ser um dia grande para os utentes, para as famílias, para as pessoas a quem damos emprego, para o concelho de Borba que bem merece e de uma maneira geral para o Portugal inteiro”, o responsável frisa ainda que “nós temos que ajudar, em nome da nossa missão que tem 500 anos”.
O Centro Luís da Silva está equipado com salas para atividades ocupacionais, piscina, campo exterior para atividades físicas (como o boccia), ginásio, sala de snozelen, salas de apoio técnico, gabinetes de medicina, fisioterapia e enfermagem, quatros duplos e individuais e refeitório, entre outros, a unidade dispõe ainda de um auditório para eventos variados, com capacidade para 75 utentes.
O Centro Luís da Silva teve um investimento superior a quatro milhões de euros, com comparticipação em 90% do Programa Operacional do Potencial Humano (POPH).
A GALBILEC orgulha-se de ter sida a responsável pela Gestão e Fiscalização na execução deste projeto.


« OUTRAS NOTÍCIAS

Destaques

Portugal vai ter Centro de Formação para a Economia Social

Portugal será o primeiro país da União Europeia a ter um Centro de Formação para a Economia Social. Este projeto encontra-se enquadrado no Plano de Ação Europeu para a Economia Social, e um dos pontos do Compromisso Social do Porto, assinado em maio de 2021, no Porto.

LER MAIS

Galbilec Património

O Património Cultural como herança do passado e lugar de memória coletiva. Um legado de saberes, crenças e tradições. Salvaguardá-lo é resgatar a História.

LER MAIS