Serviços Globais de Projeto

×

Cookies

Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para obter uma melhor experiência de utilização. Conheça mais sobre a nossa Política de Privacidade.

Notícias

25 de junho de 2014

Foi assinado no dia 23 de Junho de 2014 o auto de consignação dos trabalhos da empreitada de conservação e restauro do Palácio do Raio para Centro Interpretativo das Memórias da Misericórdia de Braga.
A Galbilec – Gestão e Coordenação de Projectos, Lda. será responsável pela Fiscalização e Coordenação de Segurança em Obra, tendo a obra um prazo de execução de 12 meses.
O projecto de conservação e restauro do Palácio do Raio é uma obra emblemática para a cidade por se tratar da reabilitação de um edifico histórico, classificado como património histórico nacional cuja construção data de meados do século XVIII.
O Palácio do Raio ou Casa do Mexicano é um dos mais notáveis edifícios de arquitectura civil da cidade, em estilo barroco joanino, construído em granito em 1754-55 em pleno centro de Braga, a obra é da autoria do arquiteto bracarense André Soares. Em 1883 foi adquirido pela Santa Casa da Misericórdia, que nele instalou alguns serviços do Hospital de São Marcos.
Com a saída dos serviços hospitalares do centro de Braga, o edifício será então reabilitado para ser o Centro Interpretativo das Memórias da Misericórdia de Braga, o qual irá receber o espólio da instituição.
Esta intervenção é co-financiada pelo ON.2 – O Novo Norte no âmbito do Eixo Prioritário III Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial, Património Cultural.


« OUTRAS NOTÍCIAS

Destaques

Galbilec responsável pelo serviço de Consultoria para Elaboração do Plano Estratégico para a Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Braga

Apostados em expandir a nossa atividade para novas áreas de negócio, complementares às já existentes, temos orgulho em anunciar que nos foi adjudicado pela Câmara Municipal de Braga.

LER MAIS

Prorrogação do prazo para apresentação de candidaturas ao apoio à eficiência energética em edifícios de serviços

O apoio, concedido no âmbito do PRR - Plano de Recuperação e Resiliência, é atribuído a fundo perdido, tem uma taxa de comparticipação máxima de 70% e incide sobre o total das despesas elegíveis da candidatura, com o limite máximo de 200 mil euros por beneficiário.

LER MAIS